17/01/2011

Diferente mas igual

No mundo em que vivo,
não há distinção de cultura,
raça,cor,sexo,idade ou religião.
Nele,você é respeitado pelo seu talento,e não pelos bens que possui.
No meu mundo ,
as pessoas andam de pés descalços,
se comunicam por um dialeto próprio,
se vestem diferente dos outros e respeitam a natureza.
Não dependemos de engrenagens,motores ou combustível.
Somos movidos apenas com a energia do mar e sempre que voamos,como os anjos,tocamos a mão de Deus.


Martin Luther king

"Eu tenho um sonho de que um dia meus quatro filhos vivam em uma nação onde não sejam julgados pela cor de sua pele, mas pelo seu carácter."

Sem comentários:

Enviar um comentário